IPVA 2014 mais barato em São Paulo

Todos os proprietários de veículos sabem que manter seu IPVA (imposto sobre a propriedade de veículos automotores) em dia é fundamental para que o veículo possa circular tranquilamente nas vias públicas. O valor do IPVA é específico de cada veículo, pois ele leva em conta o valor venal do veículo, entre 2 e 7% do apresentado na tabela FIPE.

O governo do estado de São Paulo divulgou recentemente o calendário do IPVA 2014, mantendo a mesma fórmula de pagamento do ano passado. Uma delas é o pagamento em cota única, já em Janeiro. Neste caso, o contribuinte contará com um desconto de 3% sobre o valor total. O pagamento também pode ser feito em cota única no mês de Fevereiro, porém neste caso o contribuinte não ganha desconto. Caso o contribuinte queira parcelar o valor em três vezes, o pagamento deve ser feito nos meses de Janeiro, Fevereiro e Março.

Os prazos para pagamento do IPVA 2014 levam em consideração o número final da placa do veículo. Os veículos com final de placa 1, por exemplo, tem como prazo as datas do dia 13 de cada mês (Janeiro, Fevereiro, Março). Vale lembrar que, caso o contribuinte deseje pagar a cota única com desconto, deve respeitar o mesmo calendário, pagando até a data de vencimento da primeira parcela em Janeiro. Veja abaixo o calendário do IPVA 2014 para o Estado de São Paulo com todas as datas de vencimento.

Já o vencimento da cota única sem vencimento varia de acordo com o número final da placa. Os veículos, independentemente do número final da placa, tem o vencimento da cota única sem desconto no dia 17 de Abril. Após este período o veículo que não tiver seu IPVA pago, é considerado irregular e está passível de apreensão caso seja pego pela fiscalização da polícia militar.

Mas não basta apenas pagar o IPVA para regularizar o seu veículo. O pagamento do DPVAT (seguro obrigatório) e do licenciamento também devem ser feitos, porém apresentam datas de vencimento diferentes. Em caso de atraso ou não pagamento, o veículo fica apreendido e o condutor e dono do veículo levam uma multa gravíssima. Por isso, manter em dia este imposto é ficar tranquilo para rodar pela cidade.

Confira abaixo a Tabela do IPVA 2014 publicada pelo portal G1.

 

ipva-2014

 

 

Categorias: IPVA 2014 | 3 comentários

IPVA: tudo sobre o imposto – IPVA atrasado

O IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) é o imposto cobrado anualmente de todas as pessoas que possuem veículos automotores, sejam esses carros, motos, caminhões, ônibus, micro-ônibus, entre outros. O dinheiro arrecadado com o pagamento do IPVA é dividido meio-a-meio entre o governo federal e o estado em que o veiculo este cadastrado. Teoricamente, a arrecadação com o IPVA serve para ser aplicada em manutenção das vias públicas (conservação do asfalto, sinalização e iluminação).

Quem deve pagar o IPVA?

O IPVA deve ser pago por todos os proprietários de veículos automotores que circulam em solo nacional, com exceção dos veículos mais antigos (entre 10 e 20 anos dependendo do Estado), veículos com potência menor que 50cc, veículos adaptados para portadores de deficiência, taxis, diplomáticos e maquinas agrícolas.

Para aqueles que não estão dentro de nenhuma das categorias especificadas acima, devem obrigatoriamente pagar o IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) anualmente, lembrando que o valor a ser pago varia para cada Estado brasileiro.

Consulta ao IPVA | Saiba quanto deve pagar

O valor do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores) não é fixo. Ele é estipulado de acordo com o tipo e o valor do veículo na Tabela FIPE, um porcentual que varia para cada Estado brasileiro. Para saber qual é o valor que você deve pagar, faça o cálculo do IPVA clicando no link do seu Estado:

AcreIPVA AC
Consulte o IPVA no site do DETRAN-AC

 

AlagoasIPVA AL
Consulte o IPVA no site do DETRAN-AL

 

AmazonasIPVA AM
Consulte o IPVA no site do DETRAN-AM

 

AmapáIPVA AP
Consulte o IPVA no site do DETRAN-AP

 

BahiaIPVA BA
Consulte o IPVA no site do DETRAN-BA

 

CearáIPVA CE
Consulte o IPVA no site do DETRAN-CE

 

Distrito FederalIPVA DF
Consulte o IPVA no site do DETRAN-DF

 

Espírito SantoIPVA ES
Consulte o IPVA no site do DETRAN-ES

 

GoiásIPVA GO
Consulte o IPVA no site do DETRAN-GO

 

MaranhãoIPVA MA
Consulte o IPVA no site do DETRAN-MA

 

Minas GeraisIPVA MG
Consulte o IPVA no site do DETRAN-MG

 

Mato Grosso do SulIPVA MS
Consulte o IPVA no site do DETRAN-MS

 

Mato GrossoIPVA MT
Consulte o IPVA no site do DETRAN-MT

 

ParáIPVA PA
Consulte o IPVA no site do DETRAN-PA

 

ParaíbaIPVA PB
Consulte o IPVA no site do DETRAN-PB

 

PernambucoIPVA PE
Consulte o IPVA no site do DETRAN-PE

 

PiauíIPVA PI
Consulte o IPVA no site do DETRAN-PI

 

ParanáIPVA PR
Consulte o IPVA no site do DETRAN-PR

 

Rio de JaneiroIPVA RJ
Consulte o IPVA no site do DETRAN-RJ

 

Rio Grande do NorteIPVA RN
Consulte o IPVA no site do DETRAN-RN

 

RondôniaIPVA RO
Consulte o IPVA no site do DETRAN-RO

 

RoraimaIPVA RR
Consulte o IPVA no site do DETRAN-RR

 

Rio Grande do SulIPVA RS
Consulte o IPVA no site do DETRAN-RS

 

Santa CatarinaIPVA SC
Consulte o IPVA no site do DETRAN-SC

 

SergipeIPVA SE
Consulte o IPVA no site do DETRAN-SE

 

São PauloIPVA SP
Consulte o IPVA no site do DETRAN-SP

.

TocantinsIPVA TO
Consulte o IPVA no site do DETRAN-TO

 

IPVA Atrasado | Como pagar?

Estar com o IPVA atrasado é a grande preocupação da maioria dos proprietários de veículos, já que quem está nessa situação corre o risco de ter seu veículo apreendido em uma blitz, se complicando ainda mais perante o DETRAN do respectivo Estado.

Veja agora como se deve pagar o IPVA atrasado! Se você escolheu as parcelas como forma de pagamento do seu IPVA e acabou atrasando, bastar ir até uma unidade bancária credenciada portando o número do RENAVAM e efetuar o pagamento. É claro que você deverá estar preparado para os juros (mesmo pequenos, eles existem) e que podem variar para cada região brasileira.

Existem Estados que, quando o IPVA encontra-se atrasado, o proprietário obrigatoriamente deve comparecer a um banco específico. Caso o seu IPVA esteja atrasado há mais de um ano e acumular com o atual, você pode entrar em contato com o DETRAN e realizar uma negociação.

 

Vencimento IPVA

Para saber quando que o IPVA do seu veículo, basta ficar atento ao final da placa do mesmo, seja ele: automóvel, moto, ônibus ou até mesmo um caminhão. O prazo limite para o pagamento de cada parcela do IPVA ou até mesmo o valor total a vista, depende do último número, lembrando que a data de vencimento do IPVA é diferente para cada região brasileira. Consulte abaixo o calendário no site de cada Estado:

AcreIPVA AC
Consulte o calendário do IPVA-AC

 

AlagoasIPVA AL
Consulte o calendário do IPVA-AL

 

AmazonasIPVA AM
Consulte o calendário do IPVA-AM

 

AmapáIPVA AP
Consulte o calendário do IPVA-AP

 

BahiaIPVA BA
Consulte o calendário do IPVA-BA

 

CearáIPVA CE
Consulte o calendário do IPVA-CE

 

Distrito FederalIPVA DF
Consulte o calendário do IPVA-DF

 

Espírito SantoIPVA ES
Consulte o calendário do IPVA-ES

 

GoiásIPVA GO
Consulte o calendário do IPVA-GO

 

MaranhãoIPVA MA
Consulte o calendário do IPVA-MA

 

Minas GeraisIPVA MG
Consulte o calendário do IPVA-MG

 

Mato Grosso do SulIPVA MS
Consulte o calendário do IPVA-MS

 

Mato GrossoIPVA MT
Consulte o calendário do IPVA-MT

 

ParáIPVA PA
Consulte o calendário do IPVA-PA

 

ParaíbaIPVA PB
Consulte o calendário do IPVA-PB

 

PernambucoIPVA PE
Consulte o calendário do IPVA-PE

 

PiauíIPVA PI
Consulte o calendário do IPVA-PI

 

ParanáIPVA PR
Consulte o calendário do IPVA-PR

 

Rio de JaneiroIPVA RJ
Consulte o calendário do IPVA-RJ

 

Rio Grande do NorteIPVA RN
Consulte o calendário do IPVA-RN

 

RondôniaIPVA RO
Consulte o calendário do IPVA-RO

 

RoraimaIPVA RR
Consulte o calendário do IPVA-RR

 

Rio Grande do SulIPVA RS
Consulte o calendário do IPVA-RS

 

Santa CatarinaIPVA SC
Consulte o calendário do IPVA-SC

 

SergipeIPVA SE
Consulte o calendário do IPVA-SE

 

São PauloIPVA SP
Consulte o calendário do IPVA-SP

 

TocantinsIPVA TO
Consulte o calendário do IPVA-TO

 

Posso parcelar IPVA atrasado?

Existem casos em que o contribuinte pode sim parcelar o IPVA atrasado! Para isso deve procurar a unidade do DETRAM do seu município e solicitar um acordo de dívidas. Na maioria dos casos, essa situação só é aceita para aqueles motoristas que estão devendo há mais de um ano e o IPVA está acumulado com o do ano anterior.

O motorista precisa ter a consciência de que o IPVA já chega ao contribuinte com uma forma de parcelamento de até três vezes, desde que respeitando a data do vencimento estabelecida por cada Estado. Após esse período, o proprietário estará com o mesmo irregular, podendo ser detido ou ter o veículo apreendido e levado para o pátio.

O que é o Detran?

Detran (Departamento Nacional de Trânsito) é o orgão responsável por fiscalizar e controlar o trânsito nos Estados. É quem aplica multas e penalidades para as infrações cometidas pelos motoristas. O Detran também é o encarregado pelo pela formação de condutores e emissão das carteiras de motorista (CNH – Carteira Nacional de Habilitação).

Categorias: Notícias sobre o IPVA | Tags: | 10 comentários

Seguro DPVAT fica mais caro em 2013

O Seguro obrigatório DPVAT sofreu reajuste na maioria das categorias e ficou mais caro esse ano! Confira abaixo se o valor do seu seguro mudou. O reajuste no valor do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre foi estabelecido pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), já publicado no Diário Oficial da União.

Para carros de passeio, de aluguel e táxis, o seguro DPVAT passou de R$ 101,16 para R$ 105,65 (já considerando o IOF e o custo da apólice). Motocicletas, motonetas, ciclomotores e similares pagarão R$ 292,01 (em 2012 era R$ 279,27). O seguro subiu também para máquinas de terraplanagem e equipamentos móveis em geral, camionetes de até 1,5ton. de carga, caminhões e outros veículos: foi de R$ 105,68 para R$ 110,38.

O seguro obrigatório DPVAT se manteve para outras categorias: para ônibus, micro-ônibus e outros veículos com cobrança de frete (R$ 396,49); ônibus, micro-ônibus e outros sem cobrança de frete (R$ 247,42). As chamadas “lotações”, ou seja, vans utilizadas no transporte público que, consequentemente, cobram pelo frete e não superior a dez passageiros, também se encaixam no último caso.

Conheça o seguro DPVAT
O seguro obrigatório DPVAT é pago junto com o IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores), servindo como um fundo para o pagamento de indenizações a vítimas de acidentes de trânsito. O não pagamento da mesma impede o licenciamento do veículo, tornando o veículo passível de apreensões em blitz ou mesmo em caso de acidente.

Categorias: Notícias sobre o IPVA | 1 comentário

Seguro Obrigatório DPVAT agora pode ser parcelado junto com o IPVA

O Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT) agora pode ser parcelado junto com o IPVA, o Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores. A mudança foi decretada nesta segunda-feira e publicada nesta terça-feira (30/outubro) no Diário Oficial da União. No entanto, o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) ressalta que fica a critério de cada estado acatar o decreto ou não.

O IPVA parcelado é sempre um alívio para quem gastou todo o 13° e precisa pagar a matrícula da escola dos filhos e outras despesas do início do ano.

A nota no DOU também destaca que “fica vedado o parcelamento do prêmio do Seguro DPVAT por ocasião do primeiro licenciamento do veículo.”

O DPVAT cobre casos de morte, invalidez permanente ou despesas com assistência médica e suplementares (DAMS) por lesões de menor gravidade causadas por acidentes de trânsito em todo o país.

O recolhimento é anual e obrigatório para todos os proprietários de veículos. A data de vencimento é junto com a do IPVA, e o pagamento é requisito para o motorista obter o licenciamento anual do veículo.

Vítimas e seus herdeiros (no caso de morte) têm um prazo de três anos após o acidente de trânsito para dar entrada no seguro. Informações de como receber o DPVAT podem ser obtidas pelo telefone 0800-022-1204.

Categorias: Notícias sobre o IPVA | 9 comentários

IPVA terá redução no estado de São Paulo

Notícia publicada em 22/11/12 na Folha de S.Paulo revela que em 2013 a tabela do IPVA sofrerá uma queda média de 8,56%.

A redução foi divulgada pela Secretaria de Fazenda do Estado de São Paulo e tem como base pesquisa feita pela FIPE.

No sábado (24/11) o contribuinte poderá, através do RENAVAM, consultar o valor do IPVA a ser pago.

A expectativa do Governo é arrecadar R$12,2 bilhões no ano que vem com o imposto.

Categorias: Notícias sobre o IPVA | 7 comentários

Crédito Consignado para pagar seu IPVA

O começo do ano é sempre um período de desespero para muitos brasileiros devido à enorme quantidade de despesas com impostos, materiais escolares, entre outros. Quando o dinheiro não é o suficiente para pagar tudo, as financeiras podem ser uma boa opção. Muitas oferecem linhas de crédito específicas para essas contas de início do ano, além das linhas “normais”, como empréstimo pessoal e crédito consignado.

Essas linhas de crédito podem ser a salvação de muitas pessoas que empurraram o pagamento de impostos, como o IPVA, para o período de vencimento do licenciamento. Para isso, contam com juros com menos de 1% ao mês e que podem ser pagos em 12 meses. Quem tem acesso a crédito consignado (com desconto em folha de pagamento) pode conseguir dinheiro com juros menores ainda.

Apesar de ser a salvação para aqueles que não querem, por exemplo, andar com a documentação do seu carro vencida. Para o consultor financeiro Cláudio Carvajal, as financiadoras deveriam ser o último recurso a ser procurado pelos consumidores.

A sugestão que eu dou é que as pessoas façam, no caderninho ou na planilha eletrônica, o seu orçamento para o início do ano. Às vezes, o mês de janeiro ou o de fevereiro estão apertados mas, em março, já está mais folgado. Nesse caso, dá para tentar renegociar os prazos de vencimento ou mesmo pagar atrasado, porque a multa não é tão grande quanto os juros bancários.

Cláudio Carvajal

Categorias: Notícias sobre o IPVA | 1 comentário

IPVA SP

O IPVA (imposto sobre veículos automotor) é um imposto cobrado anualmente sobre todos os veículos automotores. Manter o pagamento deste imposto em dia é imprescindível para você manter o seu carro regularizado para rodar. O vencimento deste imposto é de acordo com o final da placa de seu veículo.  O IPVA varia muito de estado para estado, mas em todos eles ele tem variação conforme o ano e o valor do veículo. Os vencimentos do IPVA tem relação direta com o número final da placa de seu veiculo.

Caso você pague o IPVA em sua totalidade até a data do vencimento da primeira parcela, receberá um desconto no valor total de 5%. Após o vencimento da primeira parcela, caso você não tenha pagado a mesma, terá até a data do vencimento da 3ª parcela para efetuar o pagamento da totalidade até o vencimento da 3ª parcela. Após esta data caso você não tenha pago o IPVA você estará sujeito a multa gravíssima, apreensão do veículo e 7 pontos na carteira caso você seja pego por uma fiscalização.

Existem alguns casos de veículos que são isentos do pagamento do IPVA, que são os seguintes:

  • Veículos terrestres fabricados há mais de 20 anos (de 1980, inclusive, para trás)
  • Taxistas autônomos (os táxis de frota pagam o imposto)
  • Veículos especialmente adaptados para deficientes físicos
  • Veículos de sindicatos de trabalhadores, de consulados, de entidades assistenciais e de igrejas
  • Máquinas agrícolas
  • Ônibus usados no transporte urbano
  • Aeronaves e embarcações fabricadas há mais de 30 anos (de 1970, inclusive, para trás).

Caso você não se enquadre em nenhuma das categorias acima, você poderá consultar os valores de seu IPVA, que é calculado de acordo com o valor venal de seu veículo na tabela FIPE, e imprimir as guias para o pagamento no site do Detran de São Paulo (www.detran.sp.gov.br) .

Categorias: IPVA SP | Comente

IPVA RS

O IPVA (imposto sobre veículos automotor) é um imposto cobrado anualmente sobre todos os veículos automotores. Manter o pagamento deste imposto em dia é imprescindível para você manter o seu carro regularizado para rodar. O vencimento deste imposto é de acordo com o final da placa de seu veículo.  O IPVA varia muito de estado para estado, mas em todos eles ele tem variação conforme o ano e o valor do veículo. Por exemplo, um veiculo com final de placa 5 tem seu vencimento em maio e assim por diante.  Por isso é essencial você saber como funciona o IPVA de seu estado.

É muito importante que você não perca as datas de pagamento de seu IPVA, pois ele juntamente com o licenciamento e com o seguro obrigatório (DPVAT) tem de obrigatoriamente estar em dia para que você não seja multado e que não tenha seu veículo apreendido.

No site http://www.detran.rs.gov.br/index.php, você poderá imprimir as guias para efetuar os pagamentos necessários. Basta você ter em mãos o número da placa e do renavam (registro nacional de veículo automotor). Caso você não saiba o renavam de seu veículo, ele pode ser encontrado no canto superior do documento do veículo (CRLV).  Você pode consultar pelo link http://www.melhordanet.com/ipva/ipva_rs.htm, os descontos que você pode receber. Quem não ganhou multa em determinado período (desconto do bom motorista) ou que pagar antes recebem descontos. Confira e mantenha seu IPVA sempre em dia para evitar dores de cabeça posteriores.

Categorias: IPVA RS | Comente

IPVA RJ

O IPVA (Imposto sobre veículos automotores) é um imposto que incide sobre todos os veículos com tração por motor (carros, barcos, motos, caminhões, aviões, etc.). Os valores deste imposto servem  para custear despesas de administração e dos investimentos em obras de infraestrutura  e serviços essenciais à população, como saúde, segurança e educação.

No caso específico de veículos terrestres, seu vencimento é diretamente relacionado ao dígito final da placa de seu veículo. Para que você não perca as datas de pagamentos, abaixo segue a tabela com os vencimentos, de acordo com cada final de placa:

Finais de Placa

Pagamento integral
ou Vencimento 1ª parcela

Vencimento 2ª parcela

Vencimento 3ª parcela

0

23/01

27/02

01/04

1

25/01

28/02

03/04

2

28/01

01/03

05/04

3

31/01

04/03

08/04

4

04/02

07/03

11/04

5

08/02

11/03

15/04

6

15/02

14/03

18/04

7

18/02

18/03

24/04

8

21/02

21/03

26/04

9

25/02

27/03

29/04

 

Veja que você pode pagar o IPVA em conta única com desconto de 5% ou então parcelar em até três vezes. Caso você perca a data de pagamento da primeira parcela, terá que pagar o valor integral em cota única até a data de vencimento da 3ª parcela. Após esta data, caso o valor do IPVA, mais o licenciamento e o seguro obrigatório (DPVAT) não sejam pagos, seu veículo está impedido de transitar em vias públicas, sob pena de apreensão do veículo, mais multa gravíssima e 7 pontos na carteira do condutor.

Alguns casos de veículos, são isentos do pagamento de IPVA, são eles:

  Veículos terrestres fabricados há mais de 20 anos (de 1980, inclusive, para trás)

  Taxistas autônomos (os táxis de frota pagam o imposto)

  Veículos especialmente adaptados para deficientes físicos

  Veículos de sindicatos de trabalhadores, de consulados, de entidades assistenciais e de igrejas

  Máquinas agrícolas

  Ônibus usados no transporte urbano

  Aeronaves e embarcações fabricadas há mais de 30 anos (de 1970, inclusive, para trás)

Para imprimiras guias, consultar os valores e eventuais multas, basta entrar no site do DETRAN RJ (http://www.detran.rj.gov.br/) e portando o número da placa do veículo, mais o número do RENAVAM, entrar no cadastro de seu veículo no sistema do DETRAN. Você poderá imprimir as guias e pagar até a data de vencimento em qualquer agência bancaria. Caso perca as datas de vencimento, procure o DETRAN mais próximo e solicite o boleto com os valores corrigidos. Mantenha seu IPVA  em dia e evite maiores dores de cabeça.

Categorias: IPVA RJ | Comente

IPVA MG

O IPVA é um imposto que incide sobre todos os veículos automotores (carros, motos, caminhões, barcos, aviões, etc.).  No caso específico de veículos terrestres, é necessário o pagamento deste imposto juntamente com o licenciamento e o DPVAT (seguro obrigatório) para a circulação legalizada do veículo. Os vencimentos do IPVA tem relação direta com o número final da placa de seu veiculo. Verifique os vencimentos de seu veículo na tabela abaixo:

FINAIS DE PLACA

 

COTA ÚNICA/ 1ª PARCELA

2ª PARCELA

3ª PARCELA

JANEIRO

FEVEREIRO

MARÇO

1

14

14

14

2

15

15

15

3

16

18

18

4

17

19

19

5

18

20

20

6

21

21

21

7

22

22

22

8

23

25

25

9

24

26

26

0

25

27

27

 

Caso você pague o IPVA em sua totalidade até a data do vencimento da primeira parcela, receberá um desconto no valor total de 5%. Após o vencimento da primeira parcela, caso você não tenha pagado a mesma, terá até a data do vencimento da 3ª parcela para efetuar o pagamento da totalidade até o vencimento da 3ª parcela. Após esta data caso você não tenha pago o IPVA você estará sujeito a multa gravíssima, apreensão do veículo e 7 pontos na carteira caso você seja pego por uma fiscalização.

Existem alguns casos de veículos que são isentos do pagamento do IPVA, que são os seguintes:

  • Veículos terrestres fabricados há mais de 20 anos (de 1980, inclusive, para trás)
  • Taxistas autônomos (os táxis de frota pagam o imposto)
  • Veículos especialmente adaptados para deficientes físicos
  • Veículos de sindicatos de trabalhadores, de consulados, de entidades assistenciais e de igrejas
  • Máquinas agrícolas
  • Ônibus usados no transporte urbano
  • Aeronaves e embarcações fabricadas há mais de 30 anos (de 1970, inclusive, para trás).

Caso você não se enquadre em nenhuma das categorias acima, você poderá consultar os valores de seu IPVA, que é calculado de acordo com o valor venal de seu veículo na tabela FIPE, e imprimir as guias para o pagamento no site do Detran de Minas Gerais (https://www.detran.mg.gov.br). Para a impressão será necessário apenas o número da placa de seu veículo e do número do Renavam (consta no canto superior direito do documento de seu veículo). Pague o IPVA em dia e evite maiores dores de cabeça. Afinal o IPVA é um imposto utilizado para a manutenção das vias públicas brasileiras e seu pagamento é muito importante para o progresso.

Categorias: IPVA MG | 4 comentários

← Older posts